Paraty, a acessibilidade da Veneza Brasileira

Paraty, a acessibilidade da Veneza Brasileira

Paraty é linda, não há como negar. Além de possuir um conjunto arquitetônico extremamente preservado, que nos reporta à época do império, é charmosa, romântica e aconchegante. Se você tem mobilidade reduzida ou irá guiar um carrinho de bebê, prepare-se para o desafio: para desfrutar das belezas de Paraty, vai precisar de uma boa dose de paciência e cuidado ao andar pelas ruas da cidade.

Continue lendo “Paraty, a acessibilidade da Veneza Brasileira”

Santuário de Aparecida e o Evangelho acessível

Santuário de Aparecida e o Evangelho acessível

Os rituais religiosos estão presentes em diversas culturas, tendo o poder de reunir pessoas com as mais diferentes características. O cenário não é outro quando estamos falando sobre o Santuário Nacional de Aparecida. O local acolhe cerca de 12 milhões de visitantes por ano, oferecendo diversos serviços, que garantem conforto e segurança. E nós fomos conferir de perto se a fé em uma das mais famosas Basílicas do Brasil é acessível para todos. Continue lendo “Santuário de Aparecida e o Evangelho acessível”

Descobrindo Salvador – a acessibilidade da primeira capital do Brasil

Descobrindo Salvador – a acessibilidade da primeira capital do Brasil

O turista que chega em Salvador já é bem-recebido na saída do aeroporto. “Eu quero é prova e um real de big-big” se você nunca teve vontade de conferir de perto a beleza do caminho ornamentado por bambuzais que nos leva ao encontro de um dos lugares mais marcantes de expressão da cultura brasileira. Aliás, se você está querendo conhecer Salvador, é bom ir aprendendo algumas frases usadas por lá. Uma boa dica para começar é assistir ao filme “Ó paí ó”, cujos protagonistas são os grandes atores baianos Lázaro Ramos e Wagner Moura. Logo você vai se pegar repetindo as frases mais usadas na região e entender que se um soteropolitano lhe disser que “quer prova e um real de big-big”, ele só está descrente de que algo irá realmente acontecer. Mas, esqueça aquele mito de que soteropolitano fala “meu rei”. Isso só acontece nas novelas e seriados. E por falar em soteropolitanos… Mais do que apreciar os pontos turísticos e conhecer a culinária, os viajantes que decidem visitar Salvador, irão encontrar pessoas acolhedoras, calorosas e disponíveis a ajudar. Continue lendo “Descobrindo Salvador – a acessibilidade da primeira capital do Brasil”

Praia dos Carneiros e Porto de Galinhas: é possível um “bate e volta” acessível?

Praia dos Carneiros e Porto de Galinhas: é possível um “bate e volta” acessível?

Essa foi uma das primeiras perguntas que fizemos ao decidir a nossa viagem para Maragogi. Após nosso contato com a Maragotur, empresa que estava responsável por organizar nossos roteiros, resolvemos incluir este passeio em nossa programação. E, sim, foi possível fazer um passeio bacana e acessível, sobretudo por causa dos cuidados e da atenção disponibilizada pelos profissionais envolvidos. Continue lendo “Praia dos Carneiros e Porto de Galinhas: é possível um “bate e volta” acessível?”

Mergulho acessível em Maragogi – Alagoas

Mergulho acessível em Maragogi – Alagoas

Maragogi está fincada no coração da Costa dos Corais, no meio do caminho entre Maceió e Recife. Um paraíso que chama a atenção pelo mar cristalino, areias finas e coqueirais, além de ser incrementada ainda pelas enormes piscinas naturais, repletas de peixes e acessíveis por catamarãs e lanchas que partem da praia central. Certamente foi um dos destinos mais bonitos que já visitamos e que conta com uma infraestrutura necessária para manter a autonomia dos turistas com deficiência e/ou mobilidade reduzida. Continue lendo “Mergulho acessível em Maragogi – Alagoas”

Pestana Rio Atlântica, uma experiência única no Rio de Janeiro

Pestana Rio Atlântica, uma experiência única no Rio de Janeiro

Acomodação é um quesito muito importante para qualquer viajante, se ele (a) tiver alguma deficiência ou mobilidade reduzida passa a ser ainda mais fundamental. Afinal, ninguém quer perder a autonomia que possui, principalmente durante uma viagem.

E eu não poderia começar as minhas recomendações com uma escolha melhor que o Pestana Rio Atlântica. A Rede Pestana dispensa apresentações, não é mesmo? Continue lendo “Pestana Rio Atlântica, uma experiência única no Rio de Janeiro”

Por Onde Andei

Por Onde Andei

Antes de lançar o blog Destinos Acessíveis, sempre que decidia fazer uma viagem, escolher acomodação, passeios, criar roteiros, ou simplesmente conhecer algum novo restaurante, teatro, shopping ou espaço público, precisava recorrer, na maior parte das vezes, a avaliações gerais na internet, que não citavam sobre a capacidade daquele local em receber visitantes e/ou clientes com deficiência e/ou mobilidade reduzida.

Certa vez, li uma avaliação que claramente desencorajava este público de visitar uma determinada cidade, sem sequer citar as opções disponíveis que viabilizavam o acesso e deslocamento de turistas com dificuldade de locomoção.

Então, em comemoração ao terceiro mês de aniversário do Destinos Acessíveis, lançamos a seção “Por Onde Andei”, que reunirá indicações de locais visitados por nós.

Os locais melhores avaliados receberão o “Selo Destinos Acessíveis” e nossa avaliação será baseada na experiência pessoal vivenciada. Ressaltamos que nosso objetivo não será certificar os locais de acordo com os parâmetros estabelecidos por normas técnicas, mas detalharemos todas as percepções sobre o local indicado.

Além do nosso post semanal, todo dia 12 compartilharemos uma avaliação completa de locais por onde andei.